Thursday, March 08, 2012

A Participação dos Judeus na Reforma Protestante

E. Michael Jones

Os Judeus promoveram a causa reformista imprimindo bíblias protestantes baseadas em traduções não-aprovadas e errôneas e providenciando seu transporte clandestino por toda a Europa. Os Judeus se tornaram espiões e propagandistas para os reformadores, traficando em traduções corrompidas da Bíblia tomadas das escrituras Judaicas.

Previsivelmente, a maioria dos heresiarcas e heréticos desse presente século, de acordo com Cabrera, eram vistos como Judeus. Isso é além de questão, continua Walsh, citando um historiador Judeu, “que os primeiros líderes das seitas protestantes eram chamados semi-Judaei, ou meio-Judeus em todas as partes da Europa, e que os homens de descendência Judaica eram tão ressaltados entre eles quanto eram entre os gnósticos, e posteriormente, estariam entre os Comunistas”.

Graetz similarmente retrata a Reforma como “o triunfo do Judaísmo”, uma alegação que muitos Católicos fizeram no dia de Lutero.

Walsh declara que os “pregadores mais tempestuosos” da Reforma eram de “origem Judaica”. Miguel Servetus, o primeiro Unitário, foi influenciado pelos Judeus em seu ataque sobre a Trindade. O Calvinismo se tornou uma “máscara conveniente” para Judeus na Antuérpia depois de sua expulsão da Espanha, confirmando que os Protestantes eram meio-Judeus e acrescentando às suspeições de líderes Católicos. Dr. Lucien Wolf alega que os “Marranos na Antuérpia haviam tomado uma parte ativa no movimento de Reforma e desistiram de sua máscara de Catolicismo por uma não menos vazia máscara de Calvinismo. A mudança seria prontamente entendida”.

Fonte: The Jewish Revolutionary Spirit”, Fidelity Press, South Bend, Indiana, 2008, pp. 268-269

1 comment:

  1. longe de mim ser partidário do veneno diabólico espalhado pelos descendentes da serpente.

    ReplyDelete

Seja responsável em seus comentários. Caso se verifiquem comentários descontextualizados e criminosos, estes poderão ser apagados.

Ofensas ao catolicismo serão sumariamente apagadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...